4ª Edição do LisbonWeek abraça temática ambiental

A primeira fase do projeto educativo da 4ª edição do LisbonWeek já arrancou. Nesta edição, o ponto de encontro será no Lumiar onde mais de 2 mil alunos, dos 6 aos 12 anos, serão envolvidos por esta ação.
A primeira fase do projeto educativo começou a 12 de outubro e prolongar-se-á até dezembro com o patrocínio da Emel e com a colaboração do Oceanário de Lisboa. O objetivo desta ação é "sensibilizar os mais novos para a diminuição acentuada do consumo do plástico, incentivando também à reciclagem e à transformação destes resíduos em arte", explica a organização em comunicado.
Estão contempladas visitas a 12 escolas e colégios da freguesia do Lumiar, entre eles, a Escola Básica 1 de Telheiras, Escola Básica São Vicente, Real Colégio, Escola Alemã e Colégio São João de Brito. As atividades didáticas desenvolvidas pelo Oceanário e coordenadas por Ana Salcedo Guimarães do LisbonWeek, apresentam as causas e consequências do lixo marinho para o ecossistema e são complementadas por um conjunto de exemplos práticos do quotidiano.
Para Xana Nunes, Fundadora do LisbonWeek esta iniciativa “poder influenciar positivamente a vida de mais de 45 mil pessoas - moradores ou não do Lumiar - foi uma oportunidade que o LisbonWeek não quis perder. Conciliar a já existente ação educativa do Oceanário e adaptá-la às necessidades da primeira fase do projeto educativo do LisbonWeek foi uma feliz coincidência”.
A segunda e terceira fase deste projeto educativo, previstas para os meses de janeiro a março de 2017, irão prolongar o debate sobre a sustentabilidade do planeta, com maior rigor, mas também com criatividade, promovendo um diálogo entre a consciencialização ambiental e as artes plásticas. O desafio apresentado às escolas será o de transformarem o lixo recolhido pelos próprios alunos em arte. No final, as peças serão apresentadas no Parque das Conchas, no âmbito da programação do LisbonWeek, que decorrerá de 25 de março a 2 de abril.