Abertas candidaturas para a compensação remuneratória dos educadores de infância

No âmbito do Programa de Expansão e Desenvolvimento da Educação Pré-Escolar (PEDEPE), para o ano letivo 2015-2016, o Ministro da Educação fez publicar, em Diário da República, o Despacho nº 13224/2016, de 4 de novembro.
De acordo com este Despacho, o Estado compromete-se a apoiar financeiramente as instituições que integram a Rede Solidária (IPSS, Mutualidades e Misericórdias) em que a remuneração mensal média dos educadores de infância seja superior a 1.154,70 euros.
A este apoio só poderão candidatar-se as instituições que têm Acordo de Cooperação com o Ministério do Trabalho e da Segurança Social (MTSS) e Ministério da Educação (ME). As candidaturas deverão ser apresentadas até ao dia 30 de dezembro de 2016, no sítio na internet do Instituto de Gestão Financeira da Educação (IGeFE) do Ministério da Educação (http://www.igefe.mec.pt/).