Qui, 01/03/2001 - 22:01
A Associação de Defesa e Apoio da Vida (ADAV) inaugura, esta sexta-feira, em Coimbra, o Banco da Maternidade e da Criança (BMC), uma resposta social alternativa no distrito de Coimbra no âmbito do atendimento e acompanhamento social à maternidade e infância. Trata-se de um “equipamento social de apoio à maternidade e à criança completamente inovador. Precisamos que nos ajudem a mantê-lo”, disse a presidente da ADAV, Ana Maria Ramalheira, à LUSA. Com inspiração no Banco Alimentar contra a Fome, o BMC visa recolher e ceder às associações e IPSS afectas à Rede Social de Coimbra todo o tipo de bens necessários à maternidade e à infância, incluindo fraldas, papas e outros alimentos para bebés, brinquedos, vestuário, calçado, carrinhos, produtos de higiene, entre outros. O banco vai funcionar num piso do edifício onde está instalada a sede da ADAV – Coimbra, reunindo os artigos recolhidos pelo BMC, organizados por voluntárias da ADAV e que resultam das campanhas desenvolvidas pela instituição e de donativos.