Lançamento das Edições 2016 dos Prémios BPI Seniores, BPI Solidário e BPI Capacitar, no valor mínimo de 500 mil euros cada.
O Mercado do Bom Sucesso, no Porto, é hoje palco da 3ª Edição da “Responsabilidade Social Empresarial de Sucesso”, uma iniciativa da GRACE que conta com uma Mostra de Boas Práticas onde as empresas participantes dão a conhecer ao público em geral o que é feito nesta área. O Impulso Positivo falou com Paula Guimarães, Presidente do GRACE em representação da Fundação Montepio, o que está por trás do sucesso deste evento.
A exposição “O Mundo da Energia – sabias que?”, promovida pela Fundação Repsol, chega segunda-feira, dia 14 de março, a Lisboa, no âmbito do roadshow que está a fazer por Portugal e que teve início em Braga a 15 de fevereiro. À semelhança do que aconteceu em Espanha nos últimos três anos, a exposição assume o formato de uma aula móvel com conteúdos didáticos interativos, que vai visitar as principais capitais de distrito do país, no autocarro da Fundação, até finais de abril.
O Google não quis deixar passar o Dia da Mulher em branco e, em vez de ter apostado nos já habituais bonecos animados, quis inspirar os seus utilizadores com mulheres de carne e osso. O desafio de partilhar ambições e sonhos, completando a frase “one day I will…” (“Um dia eu irei…), foi lançado a mulheres do mundo inteiro.
O Rock in Rio Lisboa continua a apostar na sustentabilidade com a Sair da Casca. A consultoria apoia este que é o maior evento de entretenimento e música do mundo, para prestar consultoria no âmbito do plano de sustentabilidade, na elaboração dos relatórios de sustentabilidade e recomendações de melhoria.
O GRACE – Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial – realiza, dia 11 de março, no Mercado do Bom Sucesso, no Porto, a III Edição do evento “Responsabilidade Social Empresarial de Sucesso”.
A Fundação Montepio celebrou dia 2 de março, “20 Anos de Intervenção Social em Portugal”, com uma Conferência que reuniu alguns dos principais atores da Economia Social.
A Fundação Montepio celebra 20 anos. Para assinalar a data, a instituição quer envolver todos os stakeholders, toda a comunidade, para aferir a sua opinião sobre quais consideram ser as áreas de intervenção prioritárias no setor social, entre cinco áreas selecionadas: Problemas sociais (violência, envelhecimento, demência, igualdade de género, etc.); Saúde; Deficiência; Trabalho intergeracional; Apoio a animais abandonados.
No próximo dia 1 de março celebram-se os 20 anos da Fundação Montepio, uma das que mais se destaca no fortalecimento do setor social português. O momento será assinalado com a Conferência “20 anos de Intervenção Social”.
A nova lei, aprovada de forma unânime pelo Senado francês, proíbe os supermercados de desperdiçarem a comida que não vendem, relata o The Guardian. A partir de agora, serão obrigados a doar a comida “de boa qualidade, que se esteja a aproximar do final do prazo de validade”, a instituições de solidariedade e aos bancos alimentares de França, explica o jornal britânico.
No início de 2015, um conjunto de organizações, entre elas a Associação In Loco, interessadas na discussão e na promoção de uma economia e de finanças mais justas, redistributivas e participativas lançaram o primeiro Fórum de Finanças Éticas e Solidárias (FFES), que teve lugar no Porto. Este reuniu mais de 300 pessoas e 150 organizações da economia social e solidária. Ficou, naquela altura, lançado o desafio de dar continuidade ao trabalho iniciado, promovendo a criação de uma Plataforma de Finanças Éticas e Solidárias.
A Lego anunciou que vai lançar o seu primeiro boneco em cadeira de rodas. O anúncio foi feito na Feira do Brinquedo de Nuremberg, na Alemanha, e durante a apresentação a marca explicou que o objetivo deste boneco é promover a inclusão de crianças com algum tipo de deficiência.
A IKEA Foundation, em conjunto com a IKEA, angariaram 30,88 milhões de euros através da iniciativa ‘Uma Vida Melhor para os Refugiados’, para apoiar o ACNUR - Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados na criação de iluminação e fontes de energias renováveis em campos de refugiados na Ásia, África e Médio Oriente. O valor doado vai ainda permitir que milhares de crianças frequentem a escola. Em Portugal, nas três lojas IKEA, foram angariados 141 mil euros.
Sofia Santos é a nova Secretária Geral do BCSD Portugal – Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável, associação empresarial dedicada aos temas da sustentabilidade que agrega um conjunto de empresas, que faturam mais de 65 mil milhões de euros - valor que representa 38% do PIB - e que empregam mais de 270 mil pessoas.
A 13ª edição da Campanha ‘Peluches para a Educação’ da IKEA Foundation, em parceria com a UNICEF e a Save the Children, angariou 1.1 milhões de euros para melhorar o acesso à educação em países em desenvolvimento. A iniciativa, que foi lançada nas lojas IKEA de todo o mundo em 2003, permitiu angariar desde então um total acumulado de 88 milhões de euros que têm vindo a possibilitar o acesso à escola a mais de 12 milhões de crianças em situação de pobreza ou vulnerabilidade social, em 46 países. Em Portugal, o montante angariado entre 1 de Novembro e 31 de Dezembro de 2015 foi de 136 mil euros.
No próximo dia 20 de janeiro, a Culturgest em Lisboa, acolhe o Seminário "Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: Consulta Pública junto da Sociedade Civil e Aliança para os ODS " onde serão apresentados os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Será ainda lançada a "Aliança para os ODS" e a "Consulta Pública junto da Sociedade Civil sobre a Implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável".
Pelo terceiro ano consecutivo, a Well’s e a Fundação Make-A-Wish juntaram-se para ajudar a realizar desejos, devolvendo a força e a esperança a crianças e jovens entre os 3 e os 18 anos, vítimas de doenças que colocam as suas vidas em risco. Os portugueses responderam ao apelo lançado pelas duas entidades e, em apenas 2 meses, a campanha angariou 90.000 euros com a venda do conjunto de etiquetas de Natal (“De…Para”), tendo ultrapassado o valor angariado no ano anterior.
O Movimento Mais para Todos, que beneficiou mais de 16 mil pessoas de norte a sul do país, está a decorrer com a missão renovada de apoiar instituições de todo o país que, diariamente, estão no terreno a ajudar quem mais precisa.
A Fundação C&A destinou mais de 1 milhão de euros para reforçar programas locais em países europeus onde a marca está presente. Como parte deste compromisso e ações contínuas, em Portugal, a Fundação C&A fez um donativo de 33.000 a uma organização local: o Conselho Português para os Refugiados.
As mães são a maior inspiração da vida dos cerca de 23.600 colaboradores da C&A, seguidas pelas avós e irmãs.