A edição 2013 do Greenfest é dedicada ao tema Economia da Partilha. A 6ª edição deste que é o maior festival de sustentabilidade do país decorre de 3 a 6 de Outubro, no Centro de Congressos do Estoril, e vai mostrar o que de melhor se faz em Portugal ao nível da sustentabilidade, nas vertentes ambiental, social e económica.
A 3ª edição das Conferências do Estoril a realizar-se desde 30 de Abril até hoje, dia 3 de maio, no Centro de Congressos do Estoril sob o tema “Desafios Globais. Respostas Locais”, tem revelado ao longo dos dias novos desafios e soluções para a problemática do Desenvolvimento.
A Fundação Calouste Gulbenkian e a Fundacion la Caixa, nas pessoas dos seus presidentes, respetivamente Artur Santos Silva e Isidro Fainé, assinaram um protocolo de colaboração para o desenvolvimento de iniciativas destinadas a melhorar a qualidade de vida das pessoas em Portugal, Espanha e nos países de língua portuguesa. O acordo, formalizado em Lisboa, prevê a colaboração nas áreas social, científica, cultural e de cooperação internacional.
Amâncio Ortega, dono da Inditex (que detém a Zara e outras marcas) e considerado o 3º homem mais rico do mundo, doou 20 milhões de euros à Cáritas, naquela que foi a maior doação privada alguma vez feita a esta entidade em 55 anos de existência. O dinheiro vai ser aplicado para cobrir as primeiras necessidades das pessoas que cada vez mais recorrem à Cáritas, conforme explicou José Luís Pérez, diretor de gestão da Cáritas em Espanha à imprensa.
A MasterCard e o Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas estabeleceram uma parceria de âmbito global que irá recorrer à inovação digital para ajudar a quebrar ciclos de fome e de pobreza em todo o mundo. Com o objetivo de responder Às necessidades nutricionais dos mais vulneráveis, a associação entre as duas entidades combina a experiência da MasterCard em sistemas de pagamento electrónico com o alcance global do Programa Alimentar Mundial junto das populações mais necessitadas do mundo. Além da maior abrangência do programa de voucher electrónico “Projeto Alimento Digital”, esta parceria vai ainda incidir na criação de um mecanismo de doações online mais ambicioso.
A Fundação Calouste Gulbenkian e a Partex concederam um apoio à King Hussein Cancer Foundation para a compra de uma unidade móvel de mamografia, que permitirá que mais de 20 mil mulheres na Jordânia possam realizar o rastreio do cancro da mama.
Vai ser apresentado na próxima semana o Movimento “Sociedade Civil Solidária”, que resulta da reunião de diversas personalidades da sociedade portuguesa e que pretende promover a angariação de donativos financeiros, canalizando-os posteriormente para o Fundo Social Solidário gerido pela Cáritas Portuguesa e acorrendo, assim, “às carências mais urgentes e básicas de um número cada vez maior de famílias portuguesas”, revela a nota à imprensa.
Assinala-se hoje o início de mandato do novo presidente da Fundação Gulbenkian, Artur Santos Silva, que sucede a Emílio Rui Vilar, que assumiu funções desde 2012, depois de um período como administrador (1996-2002).
A Fundação Calouste Gulbenkian doou, ao município de Coimbra, um terreno para usufruto público. Localizado junto ao Penedo da Saudade, o terreno, com 5.000 metros quadrados, foi hoje oficialmente doado, na sequência de uma escritura assinada hoje entre a Fundação e a Câmara Municipal de Coimbra.
Mais doze multimilionários juntaram-se, ontem, à iniciativa “The Giving Pledge”, lançada por Bill e Melinda Gates e Warren Buffett e no âmbito da qual os “subscritores” se comprometem a doar grande parte das suas fortunas a causas filantrópicas ou a organizações sociais. Este compromisso pode cumprir-se quer em vida dos signatários quer depois da sua morte, revela o site da iniciativa, esclarecendo ainda que quer as causas quer as instituições são de escolha livre, frisando ainda que se trata de um “compromisso moral e não de um contrato formal”.
O projecto “Escalar por Uma Causa” vai entrar na sétima e última fase, a escalada do Monte Vinson, na Antárctida. O protagonista deste desafio é Ângelo Felgueiras, que já conquistou as seis maiores montanhas de cada continente, e se prepara agora para este novo desafio, com uma escalada de 4.897 metros de altitude.
A Fundação Gulbenkian lança este fim-de-semana, às 18 horas, o livro “Vamos”, de Jacinto Lucas Pires e com fotografia de Tiago Cunha Ferreira. A obra retrata a vida de 16 jovens descendentes de imigrantes e que integraram o projecto “Academia Ubuntu”, um projecto de formação para a liderança dirigido a jovens descendentes de imigrantes africanos entre os 14 e os 30 anos, inspirado em figuras marcantes da cultura africana, como Martin Luther King ou Nelson Mandela, e que conta com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian. Entre as 10h00 e as 17h00 de dia 15, os participantes da Academia irão também apresentar as suas experiências ao longo de um ano de formação.
A IKEA Foundation doou $62 milhões para estender a ajuda de emergência junto dos milhares de pessoas que se encontram no maior campo de refugiados do mundo, em Dadaab, no Quénia. O donativo será faseado ao longo de três anos e pretende ajudar cerca de 120.000 pessoas, cerca de um quarto da actual população nesse campo de refugiados. Uma parte da doação será utilizada de imediato, para possibilitar ao ACNUR – Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados aumentar a sua capacidade de ajuda às pessoas que estão neste acampamento.
A Jumo, rede social de filantropia, anunciou ter-se associado à GOOD, uma plataforma de comunicação integrada que cobre as “boas acções” e “impactos positivos” de pessoas e organizações. A parceria visa criar a mais completa plataforma online de envolvimento social, reunindo a mais extensiva rede de pessoas, organizações e oportunidades no sector social.
A revista Forbes publicou recentemente a lista dos 19 maiores filantropos a nível mundial, na sua maioria empresários e multimilionários, que, em conjunto, já ultrapassaram os 78,6 biliões de dólares (aproximadamente 55,5 mil milhões de euros) aplicados em projectos de inclusão social, empreendedorismo, responsabilidade social ou na luta contra a pobreza, fome e alterações climáticas. A lista é liderado por Bill Gates, cujo montante aplicado em filantropia já supera os 28 biliões de dólares. Os restantes 18 membros deste ranking são na sua maioria norte-americanos e os montantes doados por cada um destes 18 filantropos varie entre os 8,3 biliões de dólares e 1 bilião de dólares.
A Fundação EDP, em parceria com a Fundação Benfica, lançam o projecto “Para ti Se Não Faltares”. Este projecto pretende combater o abandono e o insucesso escolar de crianças e jovens em risco, entre os 6 e os 16 anos de idade, promovendo a inclusão social, a igualdade de oportunidades entre géneros, o desenvolvimento de competências individuais e sociais, e a orientação para o mérito. Até 2013, Fundação EDP irá doar 495 mil euros, com o objectivo de beneficiar meio milhar de jovens.
A Federação Portuguesa de Futebol (FPF), no âmbito do Programa de Responsabilidade Social, irá distribuir 300.000 euros para a recuperação das instalações desportivas da Madeira mais afectadas pelo temporal de 20 Fevereiro de 2010, nomeadamente, os campos da Camacha, 1.º de Maio, Canicense, Andorinha, Caniçal e Penteada, sede do Marítimo, o Centro Desportivo da Ribeira Brava e os pavilhões dos Prazeres e Sporting do Porto Santo. A FPF comparticipou na ajuda com 100 mil euros e 200 mil euros são doados pela UEFA. Após o cálculo de todos os danos materiais e a aprovação da UEFA para a comparticipação financeira, a FPF anunciou que delegará na Associação de Futebol da Madeira o acompanhamento da execução das obras que beneficiarão as várias colectividades desportivas da Região.
As Seguradores do Grupo Caixa Geral de Depósitos e os seus colaboradores, através do programa de Responsabilidade Social, “Gente com ideias”, lançam novamente diversas iniciativas solidárias. Este ano, as iniciativas escolhidas integram várias acções de solidariedade, como o “ Prefiro que sejas tu a jantar”, uma acção que pretende doar cabazes a famílias carenciadas. Para que estes cabazes sejam distribuídos, a área seguradora da CGD não organizará o seu habitual jantar de Natal. A instituição Entrajuda apoia esta causa, existindo um protocolo de cooperação com a CGD.
alt A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRSP) irá lançar a iniciativa “Direito à Alimentação”, através da distribuição de refeições que “sobram” nos restaurantes, e vales de refeições para carenciados, no dia 10 de Dezembro, no Estoril. Os restaurantes participantes desta iniciativa poderão, assim, distribuir as refeições que tinham como destino o lixo. Segundo o secretário-geral da AHRSP, José Manuel Esteves, os refeitórios e as cantinas de hospitais, estabelecimentos prisionais, universidades e escolas “deitam 35 mil refeições ao lixo todos os dias”.