Está confirmada a presença de Pedro Mota Soares, Ministro da Solidariedade e Segurança Social, na abertura do V Congresso do Empreendedorismo Social (ES), que arranca amanhã, 30 de Setembro. Organizado pelo IES, este evento decorre até 1 de Outubro e integra o GreenFest’11, que se está a realizar no Centro de Congressos do Estoril. O Congresso do ES realiza-se no Auditório do Centro de Congressos do Estoril.
O Millennium bcp Microcrédito e o Instituto da Segurança Social (ISS) estabeleceram um protocolo de parceria para dinamizar e apoiar o empreendedorismo, com vista à criação de micro-empresas e auto-emprego, no âmbito do Programa Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS). Este programa pretende promover a inclusão social, de forma integrada e multi-sectorial, recorrendo a parcerias que permitam dinamizar o combate à pobreza e exclusão social em territórios deprimidos. O programa estende-se a todo o território nacional e aposta numa concentração de recursos em quatro eixos, um dos quais é o de Emprego, Formação e Qualificação.
O II Bootcamp IES Powered by INSEAD vai decorrer entre os dias 16 e 18 de Setembro de 2011, em Vila Real, estando já abertas as inscrições para este programa em empreendedorismo social. Após o sucesso do Bootcamp para as 10 ideias finalistas do Programa FAZ – Ideias de Origem Portuguesa (promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela Fundação Talento) e o I Bootcamp em Cascais, em Junho passado, chegou a vez do Norte do país acolher este programa. Este II Bootcamp terá a capacidade para acolher um total de 30 participantes e oferece a oportunidade de uma aprendizagem em ambiente aplicado. Além disso, este modelo de aprendizagem permite ainda equipar todos os participantes com ferramentas para criação de um modelo de negócio social, além de que todas a iniciativas serão apresentadas a um painel de iinvestidores sociais, sendo que as três melhores terão oportunidade de receber capacitação e apoio à implementação das suas ideias após a realização deste programa.
A Câmara Municipal de Lisboa (CML) vai lançar uma Rede Social de Inovação, pretendendo através desta plataforma ligar os munícipes empreendedores e promover ideais inovadoras para a cidade. A autarquia estabeleceu uma parceria com a Inocrowd, prevendo-se a utilização da plataforma, criada por esta start-up, online de partilha de inovação e tecnologia entre empresas e investigadores universitários, assente numa lógica de crowdsourcing.
A marca Nobre acaba de lançar campanha / movimento que se destina a “mostrar o que Portugal tem de melhor”. Sob a bandeira “Portugl é Nobre”, o movimento conta com exemplos portugueses de empreendedorismo de excelência em Portugal e no resto do mundo. Contando com uma forte expressão em televisão mas também na imprensa e nos cinemas, em formato curta-metragem / documentário, a campanha conta ainda com uma forte presença na rede social Facebook, que acaba por permitir dar visibilidade a tantos outros casos de sucesso que vão sendo postados por tantos outros portugueses que se vão associando à causa.
O Co-Laboratório de Inovação Social, uma parceria entre a Caixa Geral de Depósitos e a TESE, arrancou hoje, em Lisboa, na Culturgest, reunindo, durante a manhã, vários especialistas que partilharam as suas visões, contributos e experiências sobre a inovação e empreendedorismo social. A ideia de que o mundo como o conhecemos está no final foi um dos pressupostos comuns a praticamente todas as intervenções. Diogo Vasconcelos (Cisco) começou por dizer isso mesmo, explicando que inovação é actualmente um conceito que extravasa o tradicional, sendo hoje também “a criação de novas respostas para as necessidades sociais”, explicou.
O I Bootcamp de Empreendedorismo Social IES powered by INSEAD recebeu 32 estudantes universitários de diversas idades e áreas de formação. O programa de formação em Empreendedorismo Social, o primeiro em português da Escola de Negócios INSEAD, realizou-se em Cascais, entre os dias 10 e 12 de Junho. De acordo com a nota emitida pelo IES, “esta turma reuniu pessoas inspiradoras e dinâmicas que participaram no que foi a primeira vez que um programa do INSEAD foi adaptado e entregue por um parceiro fora dos seus campus. O IES, com o essencial apoio da Fundação EDP e a Câmara Municipal de Cascais, foi o parceiro que consegui dar este passo formidável e fê-lo acontecer em Portugal e em Português”.
Uma loja para reformados, visando promover uma “pensão activa”, foi a ideia vencedora do Co-Laboratório de Inovação Social, que ocorreu na passada semana, em Lisboa, na Culturgest, resultando da iniciativa conjunta da Caixa Geral de Depósitos e da TESE. Denominada “Café, Chá ou Limonada”, esta ideia foi criada pelo grupo 6 (veja aqui a constituição do grupo vencedor) , que trabalhou a necessidade de novas aprendizagens e formas de ocupação para pessoas que estão na transição para a reforma.