A Associação Leigos para o Desenvolvimento promove nos dias 2 a 9 de Novembro, quatro sessões de informação e esclarecimento para quem deseja iniciar formação de voluntários nesta ONGD ou pretenda saber mais sobre os seus projectos. Realizadas em Coimbra, Braga, Lisboa, e Porto, as sessões têm o lema “És uma peça Fundamental”, com o objectivo de apelar ao voluntariado internacional, e prestar esclarecimentos e informações.
A Administração da Região Hidrográfica (ARH) do Algarve, no âmbito do projecto, “Voluntariado Ambiental para a Água” promove o 1º Encontro Regional de Voluntariado Ambiental para a Água, no dia 17 de Novembro, no Campus da Penha da Universidade do Algarve, em Faro.
O Projecto G.I.R.O – Grace, Intervir, Recuperar e Organizar, 5ª edição, decorre entre os dias 8 e 29 de Outubro, em Lisboa (8 e 15 de Outubro), Porto (22 de Outubro) e Faro (29 de Outubro). Por um dia, cerca de 600 voluntários trocam o seu posto de trabalho por um trabalho comunitário em instituições de solidariedade social e em associações de base local.
A Confederação Portuguesa do Voluntariado (CPV) promove o I Congresso Português do Voluntariado, entre os dias 3 e 5 de Dezembro, no Centro Ismaili, em Lisboa. Este evento tem como tema o “ Voluntariado, Força de Mudança”, com o intuito de envolver entidades (privadas e públicas) e os cidadãos, em causas gratuitas com o “serviço ao próximo”. Este evento inclui dois acontecimentos complementares, um espaço de exposição e um espaço de conferências, com debates sobre temas de incidência no mundo do voluntariado, em várias áreas, com o contributo de especialistas. O congresso pretende lançar o Ano Europeu do Voluntariado 2011, conhecer mais aprofundadamente o Voluntariado e as suas áreas de intervenção em Portugal, contribuir para a capacitação dos voluntários e das suas organizações e adoptar orientações e recomendações para o futuro. O congresso é organizado pela Comissão VI – AEV 2011 e Congresso, Comunicação e Divulgação, no âmbito da CPV. Esta organização é também responsável pela avaliação do congresso.
Presidente da Humanitas desde o início do ano, Josefina Bazenga tem uma larga experiência no sector da deficiência, como mãe e como dirigente associativa na APPACDM do Porto, instituição a que também preside. Em entrevista à Vida Económica explicou o panorama do apoio à deficiência mental em Portugal, e de como as instituições de deficiência encaram com ansiedade o futuro das crianças e jovens deficientes no país.