Decorreu no dia 9 de Janeiro, a cerimónia de entrega de prémios da 4ª Edição dos Prémios CEPSA ao Valor Social, um galardão que visa reconhecer e premiar os melhores projectos sociais desenvolvidos em Portugal por instituições públicas e privadas, organismos não governamentais, associações e colectividades.
A 2ª edição do Prémio BPI Capacitar reconheceu 11 instituições que têm por missão a promoção da melhoria da qualidade de vida e integração social de pessoas com deficiência ou incapacidade permanente, tendo distribuído 500 mil euros entre estas entidades. O primeiro prémio foi conquistado ex-aequeo pela Associação Paralisia Cerebral Odemira e pelo Centro Social Paroquial de Ribeirão, de Famalicão, tendo recebido cada um 100 mil euros para implementar os seus projetos.
Estão a decorrer as candidaturas para a Bolsa Eugénio de Almeida, atribuída pela Fundação Eugénio de Almeida a jovens universitários da Universidade de Évora. O prazo de candidaturas termina no final de janeiro, devendo as inscrições serem realizadas junto dos Serviços de Ação Social da Universidade de Évora.
O aumento do Orçamento da União Europeia proposto para 96 mil milhões de euros, poderia trazer fundos adicionais para os programas contra a pobreza a partir do período 2014-2020.
A Leque- Associação Transmontana de Pais e Amigos de Crianças com Necessidades Especiais, de Alfândega da Fé, foi a vencedora da 2ª edição do Prémio Manuel António da Mota, que foi entregue este domingo, 4 de dezembro, no Porto.
Já são conhecidos os vencedores do "Prémio Ser Capaz - Investigação e Tecnologia", atribuído todos os anos pela Associação Salvador.
A Fundação Montepio e a Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa atribuíram, a 8 de novembro, o Prémio Ação Social, dedicado ao tema “Ser Voluntário é ser Solidário”. A iniciativa, que já vai na segunda edição, tem por objetivo promover a cultura da pedagogia social nas gerações mais novas, potenciar novas formas de agir e estimular a prática do voluntariado.
Já foi entregue o Prémio Escolar Montepio, tendo sido distinguidos cinco estabelecimentos de ensino, que receberam um prémio no valor unitário de 25 mil euros. Este ano, os vencedores foram a Escola Básica 2, 3 do Caramulo, a Escola Básica e Secundária de Oliveira de Frades, a Escola Básica Integrada com Jardim de Infância da Torreira, a Escola Básica com 3.º Ciclo Dr. Mário Sacramento e a Escola Básica 2,3 Professor João de Meira. Promovida pela Fundação Montepio e contando com o Alto Patrocínio do Presidente da República, esta iniciativa visa premiar o bom desempenho e apoiar as escolas do ensino público no desenvolvimento de projetos educativos inovadores.
A Associação Acredita Portugal anunciou os cinco projectos vencedores da 2ª edição do concurso de empreendedorismo “Realize o Seu Sonho”.
O Programa Operacional de Potencial Humano (POPH) já abriu as candidaturas no âmbito do Apoio ao Acolhimento e Integração de Imigrantes, com o período de apresentação a decorrer entre 21 de Novembro e 21 de Dezembro de 2011.
Estão ainda abertas, até ao dia 31 de Dezembro, as candidaturas de acesso ao “Mecanismo de Apoio à Elaboração de Projectos de Cooperação para o Desenvolvimento”.
A CASES – Cooperativa António Sérgio para a Economia Social criou o Prémio Cooperação e Solidariedade – António Sérgio, a atribuir pela primeira vez em 2012 e cujo principal objectivo é reconhecer personalidades e organizações do sector da economia social, e, desta forma, contribuir também para aumentar o conhecimento e reconhecimento público deste setor, em especial junto da juventude.
O presidente do Parlamento Europeu, Jerzy Buzek, conduziu as cerimónias, em Bruxelas, da entrega de mais um Prémio Sakharov. Na 11ª edição, foram distinguidos um nacional da Tunísia, um do Egito, um da Líbia e dois da Síria, pelo papel na Primavera Árabe.
Já são conhecidos os vencedores da primeira edição dos prémios Do Something, uma iniciativa que visa reconhecer os jovens que se destacam como agentes de mudança social nas suas comunidades e inspiram os outros pelas suas acções positivas. Foram distinguidos sete jovens em seis categorias, tendo recebido, cada um, mil euros, para aplicar na sua causa.
As candidaturas para o Prémio SIC Esperança – Rock in Rio Escola Solar já estão em curso, decorrendo até dia 2 de Dezembro.
As candidaturas para o Prémio de Jornalismo 2011 encerram a 18 de Novembro próximo. O galardão, uma iniciativa da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), em parceria com a Sanofi Pasteur MSD, foi lançado em Março com o objectivo de distinguir o melhor trabalho jornalístico na área da oncologia e que melhor contribuiu para a sensibilização da população para a doença. O prémio terá o valor de pecuniário de 7.500 euros, podendo estar a concurso trabalhos dos mais diversos suportes de comunicação, incluindo imprensa escrita, televisão, rádio e internet.
Já foi anunciado o vencedor da 3ª edição do Troféu Português do Voluntariado, promovido pela Confederação Portuguesa do Voluntariado. Trata-se do projecto “Formação Superior para Dirigentes Associativos maiores de 23 anos”, de Artur Martins, e submetido pela Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto. A cerimónia decorreu no dia 14 de Outubro, nas instalações da sede da Cruz Vermelha e contou com a presença do Secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social, Marco António Costa.
O projecto o “Joãozinho”, que nasceu no Hospital de São João, no Porto, com o objectivo de aumentar a qualidade das infra-estruturas, de tratamento e de vida das crianças daquele hospital, lançou um desafio para as crianças e jovens do Grande Porto. Trata-se de um prémio que visa ajudar as instituições sociais com menor visibilidade, bem como “devolver à comunidade um pouco do que tem recebido ao longo dos últimos anos”.
Convite da Comissão Europeia à apresentação de Propostas - EACEA/21/10 Apoio estrutural a organizações de investigação e grupos de reflexão sobre as políticas públicas europeias e a organizações da sociedade civil a nível europeu Programa «Europa para os Cidadãos», Acção 2, Medidas 1 e 2 — 2011
Já está a decorrer uma nova edição do Prémio Eng. A. J. Simões Monteiro, que reconhece o melhor programa informático em desenvolvimento ou desenvolvido, de forma voluntária e gratuita para apoio a instituições de solidariedade social. São elegíveis programas já desenvolvidos ou em desenvolvimento e cuja conclusão esteja prevista até Maio do próximo ano. Este prémio pretende estimular o desenvolvimento de trabalhos na área de engenharia informática e o uso de competências nesta área para levar a cabo acções de solidariedade social. Os vencedores serão conhecidos a 18 de Maio de 2012, data em que se assinalam 5 anos sobre a morte do homenageado. António João Simões Monteiro, em honra de quem este prémio foi criado, foi o fundador da Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade da Informação e também Presidente da Amnistia Internacional Portugal.