Cultura e Lazer | Como usar as redes sociais de forma segura

Introduza o seu e-mail

Como usar as redes sociais de forma segura

30/06/2020 | Sofia Alçada

O digital e a segurança on-line. Foto: Unsplash O digital e a segurança on-line. Foto: Unsplash

Se não pode vencê-las, junte-se a elas! As redes sociais vieram para ficar e por isso, mais do que ignorá-las, deve aproveitá-las. São excelentes meios de comunicação, distraem, unem pessoas afastadas geograficamente, reúnem indivíduos com os mesmos interesses e até servem de instrumento de trabalho! E ao estarmos ligados aos outros, permitem contribuir para o aumento da nossa longevidade. Nesta fase, em especial, têm sido uma boa companhia para mantermos a ligação com as pessoas os que nos são queridas.

Mas deve usar as redes sociais (e o digital) de forma segura.

Explicamos-lhe como, já de seguida!

Senha de acesso

Use uma senha de acesso ou password forte, ou seja, uma palavra diferente para cada rede social e que inclua pelo menos uma letra maiúscula e um número.

O mesmo para todos os acessos de sites ou palavras passe que lhe sejam pedidas.

Dica: Arranje uma mecanica que funcione para lhe permitir lembrar a palavras passe . 

Configuração de conta

Quando cria um perfil numa rede social, como o Facebook, o Linkedin ou o Instagram, deve dar especial atenção às definições de segurança e privacidade, configurando-as corretamente:

  • embora alguns sites exijam dados pessoais, pode ocultar nas definições de privacidade, a sua idade e/ou número de telefone, por exemplo;
  • deve certificar-se de que as suas publicações só são visíveis para amigos e que não se vai deparar com um comentário de um desconhecido numa foto sua.
  • Consulte sempre os termos e condições para perceber a quem está a autorizar o acesso aos dados.

Adicionar "Amigos"

Claro que o objetivo de uma rede social é promover a interação, mas há que tomar cuidado na hora de encetar ligações ou enviar/aceitar pedidos de amizade.

Para usar as redes sociais de forma segura, o ideal é que o seu grupo de amigos seja composto por pessoas que conhece na vida real e em quem confia, inclusive para evitar ser vitima de algum cibercriminoso.

Mas se se sentir impelido a participar num grupo cujos elementos são desconhecidos, mas têm interesses semelhantes aos seus, não deixe de o fazer!

Apenas tem de redobrar cuidados no que toca à informação que vai partilhar.

Atualizações de estado

O Facebook, Twitter, Instagram, etc, incitam-no a atualizar constantemente o seu estado perguntando-lhe:

- “como se sente hoje?”

-  “o que está a fazer agora?”

Ora, se está a caminho da primeira aula de hidroginástica da sua vida e lhe apetece partilhar essa informação com os seus amigos, faça-o, mas não sem antes verificar se apenas os seus contatos a poderão ver (no Facebook é só alterar as configurações para partilhar as atualizações com “amigos apenas”).

E ainda assim, não se espante se os seus amigos, partilharem o seu estado com outras pessoas.

É assim que funcionam as redes sociais, pelo que é aconselhável combinar com os seus contatos um procedimento comum sobre como partilhar (ou não) conteúdos.

O ideal é todos assumirem o compromisso de não fazerem online o que não fariam offline.

Ou seja, falar da aula de hidroginástica é diferente do que partilhar informação sobre as suas férias no estrangeiro na próxima semana, correto?

Os amigos ficarão satisfeitos por si, sim, mas os assaltantes também ficarão encantados com a dica!

Já pensou nisso?

Partilha de fotos e vídeos

Antes de publicar uma foto ou um vídeo deve verificar, de novo, as definições de privacidade para se assegurar de que esses conteúdos não vão ser difundidos pela internet. 

E mesmo assim, para usar as redes sociais de forma segura, deve evitar publicar algum conteúdo mais comprometedor ou que retrate alguém, sem autorização.

Nunca se esqueça disso. Assegure a sua privacidade, mas também a dos outros. 

Troca de mensagens instantâneas

Usar um chat numa rede social é uma forma:

- rápida,

- cómoda,

- gratuita,

- simples de conversar em tempo real.

Mas é também uma forma arriscada de comunicar através da Internet.

Para usar as redes sociais de forma segura, convém manter a conversa ligeira no chat e usar o telefone ou email para assuntos mais sérios ou para confirmar algum tema mais sensivel. 

Mantenha-se sempre seguro. Cuidado que os perigos existem on-line e na vida real. E portanto, nunca é demais ter atenção antes de utilizar as redes sociais e os sites online em geral. Se desconfiar de alguma coisa, link ou email, não abra. Se receber um email de alguém que não conhece, evite abrir.

Confirme sempre o endereço de email para garantir que o remetente é alguém que conhece e de confiança.

 

Agora que já sabe os passos importantes a dar, mantenha os seus contactos e aproveite para falar com quem mais gosta.

É sempre importante manter os laços ao longo da vida, para uma boa longevidade, e muitas vezes, esta é a forma de conseguirmos fazer.  Relacione-se! On-line e offline!