Saúde e Bem Estar | Exercício físico: a melhor atividade para cada um de nós

Introduza o seu e-mail

Exercício físico: a melhor atividade para cada um de nós

13/03/2020 | Fernanda Cerqueira

Mexa-se pelo bem da sua saúde. FOTO: UNSPLASH Mexa-se pelo bem da sua saúde. FOTO: UNSPLASH

Desde o controlo do peso, ao aumento dos níveis de energia ou melhoramento do sono, passando pelo combate de algumas doenças e condições de saúde, os benefícios do exercício físico são enormes e é importante praticá-lo em qualquer faixa etária.

Contudo, muitas pessoas sentem receio em iniciar ou manter uma atividade física após o diagnostico de algum problema de saúde. O nosso conselho é que não desista de procurar o melhor para si e veja no exercício um aliado para a longevidade. Procure aconselhamento especializado, fale com o seu médico sobre o tipo de exercício mais adequado, tendo em conta o seu quadro clínico, e esclarecendo todas as suas dúvidas.

Asma

O exercício físico promove o bom funcionamento dos pulmões, equilibra o sistema imunitário, prevenindo, nomeadamente, crises de asma associada a tosse ou constipação, e ajuda a perder peso, melhorando a gravidade dos sintomas asmáticos. Por isso, ao contrário do que se possa pensar, as pessoas que sofrem de asma podem praticar exercício físico e podem ser beneficiadas pela sua prática.

Claro que a intensidade e a duração estão dependentes de alguns fatores, nomeadamente, se a asma está bem controlada ou se não está sob controlo. Mais uma vez o apoio do seu médico será essencial para estabelecer limites seguros e benéficos.

Exercícios de intensidade moderada como caminhar, jogar badminton ou ténis de mesa poderão ser realizados. 

Dores nas costas 

Exercícios físicos de força, como levantar pesos, desde que supervisionados, podem ajudar a prevenir dores nas costas, pois permitem reforçar a musculatura. A prática de exercício físico aeróbio (caminhar, nadar ou andar de bicicleta) é também uma boa opção para quem sofre de dores nas costas, assim como pilates, uma modalidade que combina alongamentos com exercícios de força.

Problemas nas articulações

Uma boa modalidade para quem sofre de problemas nas articulações é a natação. Tal como nadar, fazer caminhadas implica um baixo impacto pelo que é também uma boa opção.

Diabetes

O exercício físico ajuda o organismo a fazer um melhor uso da insulina, por isso incluir caminhadas a passo largo, correr, andar de bicicleta, nadar ou dançar são tudo bons exercícios para quem tem no quadro clínico diabetes.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, 150 minutos de atividade aeróbica moderada a intensa ou 75 minutos de intensidade vigorosa ao longo da semana são suficientes para reduzir o risco de doença cardíaca coronária, pressão arterial alta, acidente vascular cerebral, diabetes tipo 2, cancro do cólon e da mama. Ajudam a melhorar a aptidão cardiorrespiratória e muscular, a aumentar a massa óssea, a melhorar a saúde funcional e a função cognitiva.