Saúde e Bem Estar | Biblioterapia: ler é o melhor remédio

Introduza o seu e-mail

Biblioterapia: ler é o melhor remédio

14/08/2020 | Fernanda Cerqueira

Biblioterapia: “tratamento de doenças através da leitura de livros”. FOTO UNSPLASH Biblioterapia: “tratamento de doenças através da leitura de livros”. FOTO UNSPLASH

Para os que acham que os livros são 'apenas' uma fonte de conhecimento ou uma fonte de entretenimento ou mesmo para aqueles que nunca tiveram os livros como companhia, temos muito para lhes contar.

Vamos falar-lhe de biblioterapia e da capacidade curativa dos livros. Sim leu bem! Os livros podem ajudá-lo muito mais do que está à espera.

A palavra biblioterapia é formada pela junção de dois elementos de origem grega — biblíon (livro) e therapeía (terapia) — e, na aceção mais simples, define-se — segundo a Infopedia —como o "tratamento de doenças através da leitura de livros".

O aproveitamento da leitura para fins terapêuticos remonta aos gregos e romanos, foram eles os primeiros a perceber o contributo positivo dos livros para a saúde mental e, consequentemente, para a saúde física. Embora a atividade remonte às civilizações clássicas, o termo biblioterapia surgiu muito mais tarde, apenas no início do século XX.

Há vários estudos que mostram a efetividade da biblioterapia, e há, atualmente, um interesse renovado pelo potencial preventivo e terapêutico da leitura de livros.  

“O que nós sempre contamos, afinal, é a nossa própria história, não a história da nossa vida, aquela a que chamamos biográfica, mas essa outra que dificilmente saberíamos contar em nosso próprio nome" - José Saramago (2009) - Biblioterapia- A função terapêutica da literatura.

Em mês de férias, aproveite para ler.

E para quem diz que não gosta de ler, fica uma dica: falta-lhe apenas encontrar o livro certo.