Cultura e Lazer | Como ter um blogue para partilhar conhecimento

Introduza o seu e-mail

Como ter um blogue para partilhar conhecimento

29/05/2020 |

Crie um blogue para partilhar os conhecimentos.  Foto: DR Crie um blogue para partilhar os conhecimentos. Foto: DR

Sempre quis partilhar o que sabe mas nunca teve tempo? Agora que tem, não sabe como? Nós vamos ajudar. Que tal começar a pensar em lançar um blogue? A vantagem é que não é preciso ser informático, designer ou redator de conteúdos. Quase que basta ter um computador com acesso à Internet e vontade de partilhar informação sobre determinado tema com outras pessoas.

O que são os blogues?

Os blogues têm proliferado na Web como ferramenta de divulgação e partilha de conhecimento, precisamente porque são muito fáceis de criar e de alimentar, não exigem custos a nível de plataforma e mesmo quem prefere comprar domínio e hospedagem, pode conseguir um rendimento muito superior ao que investiu. De facto, é tão fácil aprender a construir uma página online.

Perceba, agora, como ter um blogue!

 

Principais etapas na criação de um blogue

  1. Tema

Em primeiro lugar, deve definir qual o tema do seu blogue e nesse sentido deve inclinar-se para assuntos que o apaixonem porque, não se esqueça, vai ter de redigir muitos conteúdos sobre eles. Para ter leitores, convém que os assuntos sejam suficientemente apelativos, certo? 

 

  1. Plataforma

Depois de definir o tema, escolha entre ter um blogue gratuito ou pago. Pode preferir construir o seu blogue sem qualquer tipo de custos ou optar por um alojamento e domínio próprio. A opçao é sua.

Quais as diferenças?

Se escolher a primeira opção, ou seja de publicar um blogue gratiuito, basta um simples registo online num dos muitos serviços de blogs gratuitos (WordPress, Blogger, Tumblr…) para que possa começar a publicar imediatamente.

Além de não gastar dinheiro, também não gasta muita energia para construir o seu blogue e pode aproveitar para o desenvolver nos tempos livres como parte da sua missão de aumentar a sua longevidade de forma ativa e positiva, partilhando conhecimentos.

Contudo, existem algumas desvantagens, nomeadamente o facto de os blogues gratuitos terem mais limitações a nível de configuração e personalização e não serem efetivamente dos seus autores.

A não esquecer também que o domínio do blogue terá sempre uma extensão associada ao serviço que irá usar, mas por custo zero é capaz de ser a melhor opção para quem, simplesmente, tem vontade de comunicar e partilhar conhecimentos.

Por outro lado, um domínio (nome do blogue) e alojamento próprio (servidor onde está o blogue) possibilita exibir uma página mais atraente, profissional e segura e nem sequer obriga a grandes investimentos.

É a opção mais indicada para quem quer rentabilizar o projeto com publicidade associada.

 

  1. Conteúdos

Perceber como ter um blogue é entender que depois de escolhida a plataforma e nome, há que começar a criar conteúdos como se não houvesse amanhã! Afinal um blogue é uma espécie de ser vivo com um apetite insaciável!

Por isso, comece a ler, a investigar, a aprender a partilhar conhecimento de forma ativa e positiva acompanhando o que está a acontecer em relação ao tema sobre o qual vai falar, conhecendo bem o seu público-alvo e usando a sua criatividade para redigir artigos relevantes que atraiam os leitores. E quem sabe, ajudando-os no seu processo de vida com dicas e sugestões nas mais variadas áreas. Está preparado?

 

  1. Promoção

Se o seu blogue já tem conteúdos, está na hora de o promover. Pode por exemplo, usar as redes sociais que, atualmente, assumem um papel determinante no sucesso da maioria dos blogues e, além disso, ajudam a manter os contactos, se forem correctamente geridas.

Como? Criando ligações ao blogue através do Facebook, por exemplo.

Depois? Já não precisa de se interrogar sobre como ter um blogue, mas sim sobre como interagir mais com os seus seguidores e escrever de forma continua.

Boa sorte! Que seja uma boa e longa experiência de partilha.