Mobilidade reduzida nas mãos? | Inovação

Introduza o seu e-mail

Mobilidade reduzida nas mãos?

14/04/2021 |

Nuada a solução para mobilidade reduzida nas mãos. Foto: Site Nuada Nuada a solução para mobilidade reduzida nas mãos. Foto: Site Nuada

Fundada em 2015, por Filipe Quinaz e Vitor Crespo, a Nuada nasceu com o objetivo de revolucionar a vida de todos aqueles que têm limitações na movimentação das mãos, provocadas por fatores associados ao envelhecimento, doenças ou acidentes.

Estamos a falar de uma startup portuguesa que desenvolveu uma luva inteligente que dá “super poderes” a quem a utiliza, permitindo recuperar a força e a coordenação, segunda refere a Fabernovel.

Origem da ideia para recuperar a mobilidade:

A ideia surgiu quando Filipe Quinaz, um dos fundadores, fraturou a mão e apercebeu-se do longo processo de recuperação a que se teve de sujeitar para recuperar a mobilidade.

https://i2.wp.com/supertoast.pt/wp-content/uploads/2021/03/Screenshot-2021-03-23-at-09.25.59.png?resize=300%2C174&ssl=1

 

Uma das premissas importante é a manutenção da sensibilidade ao toque. Assim esta solução passa por uma luva que funciona como um sistema de apoio eletromecânico, com tendões eletrónicos que ajudam a mão a suportar até 40 kg, sem esforço.

Através de sensores, os movimentos são monitorizados, recolhendo dados relativos a força, destreza e a frequência cardíaca.

Os dados são apresentados numa aplicação no smartphone e podem ser partilhados com os profissionais de saúde para avaliar os progressos obtido ao longo do tempo e adaptando o tipo de exercícios a executar em função dos resultados.

Mobilidade: As várias aplicações deste wearable português

Esta inovação tem como alvo principal a medicina e os fatores relacionados com a saude, mas pode ser explorada para várias outras  utilizações, como aumentar o:

  • conforto,
  • segurança
  • produtividade

em atividades profissionais fisicamente exigentes (linhas de montagem, construção civil, etc.) ou na prática desportiva. 

Tendo nascido como um projeto na Universidade da Beira Interior, em 2014 a Nuada foi uma das finalistas da competição mundial Microsoft Imagine Cup, que premeia inovações de estudantes universitários. 

A empresa tem como principais investidores o fundo SOSV e o HAX, o maior acelerador do mundo dedicado ao hardware.

Eis aqui e explicação do nosso empreendedor português Filipe Quinaz

 

 

Fonte: Fabernovel, Supertoast